Rio de Janeiro regista sensação térmica de 60,1º estabelecendo recorde histórico.

O Rio de Janeiro registou uma sensação térmica recorde de 60,1º estabelecendo um recorde histórico. A cidade brasileira enfrentou um calor recorde no sábado, 16 de março.

Essa condição extrema foi sentida na estação meteorológica de Guaratiba às 10h20, enquanto a temperatura oficial máxima foi de 40,3 graus em Irajá.

Este evento superou o recorde anterior de 59,7 graus em Guaratiba, que infelizmente coincidiu com o falecimento da estudante Ana Benevides durante um concerto de Taylor Swift, devido à desidratação.

Com os termómetros disparando, as praias do Rio foram invadidas por uma multidão procurando alívio do calor insuportável, resultando numa luta por espaço na areia e longas filas para tudo, desde um lugar ao sol até uma simples garrafa de água.

Artigos Relacionados

Últimos Artigos

Cláudio Ramos tornou-se exigente, e não é fácil um homem conquistá-lo.

Cláudio Ramos tornou-se exigente, e não é fácil um homem conquistá-lo. O conhecido apresentador da TVI, está atualmente solteiro e partilhou abertamente as razões...

Catarina Miranda pode estar a caminho da SIC: “Eu mereço mais…”.

Catarina Miranda pode estar a caminho da SIC: “Eu mereço mais…”. Após sua participação no "Big Brother", a ex concorrente tem despertado curiosidade sobre...

Revelado telefonema secreto entre Pedro Pico e José Castelo Branco: “Dou-te 30 mil euros”

Foi revelado um telefonema secreto entre Pedro Pico e José Castelo Branco: "Dou-te 30 mil euros". A controvérsia envolvendo ambos intensifica-se com a divulgação...