Segundo um estudo o viagra poderá ajudar na prevenção do alzheimer. Quem o diz são pesquisadores da Clínica de Cleveland, no Ohio, EUA, que afirmam que o sildenafil (componente presente no viagra) ajuda a prevenir a doença.

Isto porque a doença neurológica foi 69% menor em pessoas que tomaram Viagra durante cerca de 6 anos.

Os pesquisadores alertam, no entanto, que estas conclusões não representam um teste clínico com aplicação direta da Viagra em voluntários.

Nesta pesquisa foram estudados os mecanismos bioquímicos da doença de Alzheimer e os estudiosos acreditam que o Viagra pode ser o grande revolucionador para o tratamento da doença.

Os cientistas esperam agora que novos testes possam confirmar a descoberta e tornar a Viagra como um potencial tratamento para a prevenção de Alzheimer e afirmam que “a associação entre o uso do sildenafil e a diminuição da incidência da doença de Alzheimer não estabelece uma causalidade, e vai requerer um teste clínico controlado”.