Uma ucraniana foi abusada vezes sem conta por um soldado russo após o assassinato do marido. Tudo aconteceu em Kiev e em frente ao filho da mulher.

A informação foi avançada Maria Mezentseva, uma política ucraniana, citada pelo Daily Mail: “Não vamos entrar em detalhes, mas é uma cena muito assustadora quando um civil é morto na sua casa numa pequena cidade próxima de Kiev”, disse.

E continuou: “A mulher foi – e peço desculpa mas tenho de dizê-lo – violada várias vezes em frente do seu filho menor (…) Há muitas mais vítimas do que as deste caso que foi tornado público pela procuradoria-geral (…) E, claro, estamos à espera de muitos mais, que serão públicos quando as vítimas estiverem prontas para falar sobre isso”, referiu.