Filho de Tita e Justo comemora decisão do Tribunal: “A justiça foi feita”.

Filho de Tita e Justo comemora decisão do Tribunal: “A justiça foi feita”. O Tribunal condena mãe de Jéssica Biscaia a 25 anos de prisão por homicídio qualificado.

O país foi abalado pelo terrível caso de Jéssica Biscaia, e o Tribunal de Setúbal proferiu nesta terça-feira, 1 de Agosto, a sentença que condena a mãe da menina, Inês, assim como Tita, Justo e Esmeralda, a 25 anos de prisão por homicídio qualificado.

A tragédia desenrolou-se de forma chocante, revelando detalhes brutais dos maus-tratos infligidos a Jéssica. O juiz Pedro Godinho emocionou-se ao mencionar que “A Jéssica perdeu o direito à infância de forma medieval”, deixando Inês profundamente emocionada com as palavras.

Enquanto o pai de Jéssica, mesmo não tendo tido uma presença ativa na vida da filha, receberá uma indemnização simbólica de 50 mil euros, os restantes envolvidos enfrentam uma pena severa pelos atos cometidos.

Durante o julgamento, foram reveladas provas contundentes das 130 lesões que Jéssica sofreu, resultando de alegados maus-tratos. A criança foi exposta a drogas como cocaína, metadona e paracetamol, evidenciando o horror que viveu durante o período em que esteve sob os cuidados de Tita, Justo e Esmeralda.

A motivação para Inês Sanches entregar a filha aos cuidados de Tita permanece obscura, e não ficou comprovada a origem ou valor de uma dívida entre as partes. O tribunal rejeitou a história de ‘bruxaria’ no início do caso, mas confirmou a chantagem e coação exercidas pelos acusados.

Jéssica foi resgatada pela mãe após cerca de cinco dias sob os cuidados de Tita e companhia, apresentando visíveis sinais de maus-tratos. Infelizmente, a criança não resistiu aos graves ferimentos e faleceu no hospital, revelando a extensão da violência que sofreu, com mais de 50 golpes e 130 lesões, incluindo deslocamento craniano e ferimentos internos fatais.

Este trágico caso levanta questões sobre a proteção de menores e o papel das autoridades em assegurar a segurança e bem-estar das crianças. A condenação dos envolvidos por homicídio qualificado é um passo em direção à justiça, mas também uma dolorosa lembrança da necessidade de prevenir e combater crimes tão cruéis como este.

Podes ver aqui o vídeo com as declarações do filho de Tita e Justo.

Artigos Relacionados

Últimos Artigos

Big Brother – Daniela Ventura para Inês Morais: “Quero te ver triste, quero te ver para baixo”

Daniela Ventura para Inês Morais: “Quero te ver triste, quero te ver para baixo”. No reality show Big Brother, a tensão entre as concorrentes...

Catarina Miranda emite sério aviso após polémica.

Catarina Miranda emitiu um sério aviso após polémica. Conhecida pela sua participação no "Big Brother 2024", ela tem dado que falar após a sua...

Daniela Ventura considerada ‘a mais tóxica’ e a ‘jogadora mais completa’.

Daniela Ventura foi considerada 'a mais tóxica' e a 'jogadora mais completa'. No contexto do programa Big Brother, Diana Lopes expressou a sua opinião...