“O que ela está a fazer é grave e é perigoso…”, atirou Susana Dias Ramos sobre Mafalda Matos, referindo-se ao comportamento da concorrente com os colegas: A Mafalda está a mexer no que não deve e é aqui que devo deixar ficar uma ressalva muito grande. Ela pode ser terapeuta holística, pode ser o raio que a parta, mas não deve mexer no subconsciente das pessoas da forma que o está a fazer, afirmou.

E continuou:Esta namastreta que ela levou para ali e que todos os dias faz reuniões, mexe no subconsciente das pessoas e no aparelho psíquico das pessoas, e usa expressões como ‘na psicologia’. Na psicologia, vírgula! Psicólogos são aqueles que, como eu, se licenciaram e decidiram mais tarde exercer uma profissão dentro da área. Isto não é psicologia, a psicologia é uma ciência. Isto é uma paraciência, é aquilo que lhe quiseres chamar“.

IA terapeuta alertou ainda: Não é só a Bruna, o Kenedy está extremamente sensibilizado, não faço ideia se ele normalmente é assim ou não. Vemos uma Bruna, que tem vindo já com algumas crises de ansiedade anteriormente. Temos uma Sara que está completamente fora da caixinha. Temos uma Marie que se mostra extremamente fragilizada ao contar coisas que, se calhar, nem ela própria está a exteriorizar desta forma e a magoar a demais família cá fora, especialmente os pais“.

O que a Mafalda está a fazer ali dentro é levantar todas as dores que as pessoas têm para não fazer nada com isso! Aquilo que ela está a fazer é mexer no caldeirão de sentimentos das pessoas, tirar esses sentimentos, mostrar esses sentimentos ao público e depois não faz nada com isto. Ninguém esmifra os sentimentos só por divertimento, que é o que ela está a fazer, referiu.

e continuou: Peço por favor aos psicólogos da casa que lhe ponham um freio, porque o que ela está a fazer é grave e é perigoso. Está a mexer nas porcarias e depois não sabe o que fazer com elas e não controla nada […] Desde o início que não temos visto mais nada do que choradeira. Isto já deu o que tinha para dar, isto não é saudável para ninguém“, frisou.