Após surto no IPO de Lisboa surgem mais casos de Covid-19. Uma senhora de Monchique encontrava-se em tratamento no IPO e foi contagiada.

De acordo com o autarca Rui André, «esta situação acabou por resultar no início de uma cadeia de contágio nos contactos mais próximos e que, neste momento, constitui um grupo de seis pessoas (a doente do IPO mais cinco), estando agora a ser testados os vários contactos que estas pessoas tiveram nos últimos dias».

O autarca espera que «esta cadeia de contágios possa estar circunscrita aos contactos mais próximos e que se consiga controlar este foco que, infelizmente, afetou quase todo o núcleo de uma família do nosso concelho. As pessoas infetadas estão assintomáticas e confinadas aos seus domicílios», disse.

Rui André lamenta «os nossos casos, uma vez que a população de Monchique tem sido exemplar no cumprimento das regras de segurança e, de acordo com essa conduta responsável, não esperávamos este desfecho».

Estamos na presença deste caso da senhora em tratamento no IPO de Lisboa, de onde se regista um surto, com vários profissionais de saúde infetados: «Ela fez um primeiro teste e estava negativo. Depois de estar lá num contentor durante 30 horas, foi para uma enfermaria e veio de lá com o vírus, pois alguns profissionais de saúde estavam infetados. É mesmo uma situação de terceiro mundo: uma pessoa ficar infetada numa unidade hospitalar.

Espero que, tão breve quanto possível, estas pessoas possam recuperar desta infeção e restabelecer a normalidade das suas vidas.

À restante população, reforço o pedido da adoção de uma conduta responsável e respeito pelas regras de segurança e higiene respiratória», disse o autarca.