Sobre Cláudia Amaral: “Deu-me muitas vezes força e fez-me sorrir…”, afirmou Rita Pereira. Cláudia sofria de progeria e faleceu aos 23 anos de idade. Este problema de saúde de que padecia a jovem provoca o envelhecimento precoce do corpo e não resistiu.

Rita Pereira não quis deixar passar em branco este momento de tristeza e recorreu às stories de Instagram para deixar uma dedicatória:Não tenho por hábito fazer isto, mas queria deixar um grande abraço à família da Cláudia e partilhar que ela deu-me muitas vezes força e fez-me sorrir, disse.

Rita Pereira partilhou fotografia que tirou com Cláudia em 2015 e despediu-se com emoção: “Será para sempre a minha tiktoker favorita“.