Roupa doada para África era vendida por IPSS em feiras.

9912
Roupa doada para África
Roupa doada para África

Muita da roupa doada para África era vendida por uma IPSS de Santa Maria da Feira, em feiras, revelou o comando de Lisboa da GNR.

Foram apreendidos 4,25 milhões de euros em vestuário, tendo a operação sido conduzida pelo Núcleo de Investigação Criminal de Mafra.

A GNR realizou buscas aos armazéns da IPSS da Feira que recebera essas peças de roupa por parte de várias “marcas de renome”, a título de doação, para que esse material fosse “enviado para pessoas carenciadas da África Ocidental”.

De acordo a GNR, a instituição procedia “à venda desses artigos em feiras, estando por isso indiciada na prática dos crimes de burla qualificada e fraude fiscal”.

Quanto ao material apreendido, incluía 96 mil artigos que supostamente também viriam a ser convertidos em lucro, em vez de encaminhados para as comunidades africanas que a IPSS se havia disposto a ajudar.

Loading...