Graça Freitas pretende o regresso do uso das máscaras, dado o aumento de infeções no nosso país.

“A máscara tenho-a aqui no bolso e tenho usado sempre, sempre. Acho que todas as pessoas devem usar também, em ambientes fechados e em aglomerados de pessoas”, disse à TVI a diretora-geral da Saúde.

E continuou: “Nesta fase, uma recomendação é suficiente”.

Marta Temido, também fez declarações e afirmou: “A máscara deixou de ser obrigatória por lei, mas não quer dizer que não seja recomendada em certas circunstâncias. Tenho à minha volta pessoas que testaram positivo recentemente e tenho usado máscara. Nunca testei positivo, e vou continuar a utilizar por prudência enquanto os números estiverem com esta dimensão”, disse a Ministra da Saúde.