Insultada quando lutava contra cancro, Rebeca confessa-se magoada. Ela e o marido, Élio, marcaram presença no programa da manhã da SIC.

À conversa com Diana Chaves e João Baião, a artista declarou o seu amor pelo companheiro, especialmente durante a luta contra o cancro.

“O meu marido é um homem com H muito grande, eu acho que todos os homens deviam rever-se nele porque ver-me careca, feia, que eu sei que estava feia, muito gordinha e ele sempre disse ‘está tão bonita meu amor’, ‘a tua careca está tão bonita’ (…) e os homens têm que pensar que nós precisamos muito de apoio”.

Durante a luta, a cantora revela que passou por momentos difíceis nas redes sociais.

“Houve pessoas que me deram muito apoio mas depois também havia aquelas pessoas que me ‘deitavam’ muito abaixo, ‘estás tão feia’, ‘estás tão gorda’, ‘nunca mais vais ser a Rebeca’, eu tentei não ligar mas sofria muito por dentro…”.

E acrescentou que “Houve um senhor que passou o tempo todo a chamar-me feia ‘és feia’, ‘és gorda’, ‘não tens mama agora, és feia’ e eu nunca o bloqueei e agora, passados 3 ou 4 meses, eu emagreci, fiquei com 44 quilos a menos, e agora ele diz assim ‘bem, agora sim a Rebeca é linda e boa’. Sabes o que é que eu fiz? Bloqueei. Temos pena”.