Hoje trazemos-te 5 realidades de quem vive com ansiedade. De acordo com a Faculdade de Ciências Médicas da Universidade Nova de Lisboa, a ansiedade é a doença mental que afeta 16,5% dos portugueses.

Viver com ansiedade é estar em constante modo de alerta até porque a “ameaça” pode ser explicada (e sentida) de várias maneiras.

1.A ANSIEDADE TEM EFEITOS FÍSICO

Provoca mal-estar físico. Ataques de pânico, batimento cardíaco irregular, tonturas e dores de cabeça são sinais de que estás a sofrer um ataque de ansiedade.

2. O MEDO É REAL

Viver com ansiedade molda a forma como os pensamentos são encadeados, de tal forma que são encontradas ameaças onde realmente não existem.

3. OS ATAQUES DE ANSIEDADE NÃO TÊM HORA MARCADA

Não é possível prever quando a ansiedade vai “atacar”, por isso é que é difícil tratar esta doença mental.

4. AINDA SÃO POUCOS OS QUE RECEBEM TRATAMENTO

Para os especialistas, o estigma de viver com ansiedade continua a ser uma barreira ao tratamento, já que muitos destes pacientes continuam a pensar que não precisam de ajuda.

5. A ANSIEDADE NÃO “DESAPARECE” DE UM MOMENTO PARA O OUTRO

Quem não sofre deste problema tem tendência, em muitos casos, a desdramatizar a doença e a garantir que a ansiedade resolve-se “com força de vontade”. Dizer isto é o mesmo que culpar o paciente por este estado. Na realidade, a ansiedade pode ser controlada desde que o paciente seja acompanhado por médicos especializados.

COMO COMBATER A ANSIEDADE?

A prática regular de exercício físico, respiração lenta e técnicas de relaxamento muscular podem ser uma grande ajuda para combater a ansiedade.

FONTEEkonomista
Partilha
Loading...