Nem mesmo a pagar 100€ arranja quem queira limpar o mato.

709
quem queira limpar o mato

Nem mesmo a pagar 100€ há quem queira limpar o mato. A falta de mão de obra grave no sector florestal e as empresas manifestam as dificuldades em encontrar quem queira ajudar nas limpezas de terrenos e faixas de gestão de combustível.Trata-se de um trabalho para o qual os portugueses não estão dispostos a sujeitar-se.

Os trabalhos de limpezas de terrenos e mato têm que ficar concluídas até dia 15 de Março deste ano.

Os salários rondam os 1000 euros e os 1500 euros, mas ainda assim não há suficiente para desempenhar a função.

No Instituo de Emprego pouca gente aparece e este ano a situação volta-se a repetir.