As pessoas que preferem ficar em casa são mais inteligentes

Se adoras ficar sozinho em casa e sabes aproveitar bem a própria companhia, mas de vez em quando te questionas se deverias ceder aos estímulos externos e sair para festas e discotecas, fica a saber que podes ter um motivo para relaxar e afastar preocupações sobre a tua “solidão”: és mais inteligente do que aqueles teus amigos que saem praticamente todos os dias.

Pelo menos é o que indica um estudo científico publicado pelo British Journal of Psychology, que descobriu que pessoas que se sentem melhores com poucas interações sociais e se adaptam melhor a círculos de amizades pequenos possuem QI (quociente de inteligência) mais elevado.

De acordo com o estudo, conduzido por psicólogos evolucionistas, o impacto negativo da vida em grandes metrópoles era mais do que duas vezes maior entre pessoas com mais QI baixo e que os indivíduos considerados mais inteligentes relatavam menos felicidade quando precisavam sair de casa e socializar com frequência.

A avaliação foi feita com base em questionários com 15 mil voluntários entre 18 e 28 anos e analisou as respostas sobre o quão felizes as pessoas diziam estar, de acordo com o lugar onde viviam e como eram as suas iterações sociais.

Loading...