Um pastor recebeu 5 milhões da Igreja Universal e fugiu. Adireção da Universal do Reino de Deus (Iurd) denunciou às autoridades o sucedido.

O pastor é formado em arquitetura e foi um dos responsáveis pela construção do Templo de Salomão, erguido no bairro do Brás, em São Paulo.

De acordo com a denúncia feita pelos advogados da Universal, o arquiteto e pastor teria direcionado contratos para uma construtora localizada em Portugal. Ele ainda estaria a lavar dinheiro em solo estrangeiro.

Após constatar as irregularidades, a Universal entrou em contato com o suspeito, que fugiu. Até o momento, não há informações sobre o seu paradeiro.