As multas de trânsito dão lucro de 10 mil euros à hora (240 mil euros por dia) , revela o boletim de Execução Orçamental.

César Nogueira, presidente da Associação dos Profissionais da Guarda disse ao Cm que: “Estes números explicam-se com o aumento das ações de fiscalização, feitas à custa dos patrulheiros.

Faltam elementos no efetivo, mas as ações de patrulhamento e as operações de fiscalização aumentaram, com a natural sobrecarga para o efetivo”

A Associação Sindical dos Profissionais da PSP, na pessoa de Paulo Rodrigues, afirma que este aumento nas receitas acontece pois “dá-se muito valor à quantidade do trabalho e pouco à qualidade. Os louvores e as promoções são dados com base na quantidade de autos ou multas.

Isto tem um efeito pernicioso. Parece que os polícias andam a perseguir os cidadãos no trânsito, mas os agentes da PSP têm de cumprir um número de operações definido por mês e por ano”, disse.

Partilha
Loading...