Fica em liberdade a mulher que matou padrasto após ser violada durante anos.

Ficou em liberdade a mulher que matou o padrasto após ser violada durante anos e com inicio aos 12 anos de idade.

Valérie Bacot foi condenada a quatro anos de prisão, com três anos de pena suspensa. Como já cumpriu um ano em prisão preventiva fica em liberdade.

Num livro escrito por ela, revela que o homem era viciado em álcool o que o tornava também violento, chegou a agredi-la com um martelo e estrangulá-la.

Valéria foi ainda obrigada a prostituir-se. Ela acabou por matar o homem e com a ajuda de dois filhos enterrou o corpo. Porém, uma denúncia levou a que a mulher acabasse detida em 2017 e condenada a quatro anos de prisão, mas três deles foram suspensos.

Ela foi libertada porque já havia passado um ano na prisão, disse a advogada Nathalie Tomasini, do lado de fora do tribunal de Chalon-sur-Saône, na França.

“Gostaria de agradecer ao tribunal e a todo o apoio que recebi. Agora é a hora de uma nova luta por todas as outras mulheres e por todos os maus-tratos”, disse Bacot.

Artigos Relacionados

Últimos Artigos

Jorge Gabriel preocupado com futuro na RTP.

Jorge Gabriel está preocupado com o futuro na RTP. A imagem do conhecido apresentador da RTP, tem sido objeto de especulação devido ao seu...

Rita Oliveira adverte Catarina Miranda: ‘Vais-me respeitar. O respeito é muito importante’.

Rita Oliveira advertiu Catarina Miranda: 'Vais-me respeitar. O respeito é muito importante'. Durante um episódio tenso do 'Big Brother', as duas concorrentes tiveram um...

Em apuros! Internautas votam pela expulsão entre Catarina Sampaio e Fábio Caçador.

Em apuros! Internautas votam pela expulsão entre Catarina Sampaio e Fábio Caçador. Numa reviravolta surpreendente no Big Brother, Catarina Sampaio nomeou Fábio Caçador. Ela colocou-a...