Mulher mata filha acabada de nascer mas antes deixa-a em agonia dentro de um saco.

9457
Mulher mata filha acabada de nascer

Uma mulher matou a filha acabada de nascer mas antes deixou-a em agonia dentro de um saco. Hannah Cobley, de 29 anos de idade nunca deu a conhecer a gravidez e num acto “deliberado e assustador” matou a bebé recém-nascida.

A criança parece ter nascido numa casa de banho pública de madrugada e a mãe introduziu um objecto dentro da garganta da bebé para não se ouvirem os gritos de dor, revela o The Sun.

A mulher provocou ferimentos graves na cabeça da bebé e fechou-la dentro de sacos de plástico, apesar dos sinais de que ela ainda podia estar viva, de acordo com informação do tribunal de Leicester, em Inglaterra.

A acusação revela ainda que Hannah abandonou o corpo da criança numa área rural, onde morava com os pais em Leicestershire.

A autópsia revelou que a bebé sobreviveu aos ferimentos durante duas horas ou mais antes de morrer. Antes de matar a criança, a mulher pesquisou na internet: “quanto tempo um recém-nascido pode sobrevier sem leite no frio” e “Quando um bebé nasce quanto tempo pode sobreviver sem ser alimentado”.

A mulher nega ter matado o bebé e revela que acreditava que este tinha morrido no parto.