Foi um momento de grande tensão entre Ana Garcia Martins e Cristina Ferreira devido à polémica instalada com Bruno de Carvalho.

Ana Garcia Martins não reagiu ao comunicado ao contrário de Flávio Furtado e do restante estúdio que aplaudiram a Diretora e Entretenimento.

“Respeitando imenso o teu discurso inicial, eu não podia discordar mais. Eu acho que o que se vê em relação ao Bruno não tem a ver com preferências, com julgamentos e com ódio de todo, tem a ver com o comportamento que é visível a toda a gente“, disse.

E continuou: “Eu não aponto o dedo aos comportamentos do Bruno por ódio, por antipatia, aponto o dedo pelo que ele faz a uma mulher. Não deixa de ser um péssimo exemplo e não vamos ignorar a dimensão que isto ganhou“.

Estamos a ser cúmplices […] o Bruno devia ser chamado à atenção e, em edições anteriores, outros concorrentes foram advertidos por muito menos. Nós estamos a normalizar e, aparentemente, vamos banalizar. E acho que este programa ganhava muito mais se agisse em conformidade...”, frisou a comentadora.