As mobílias doadas às vítimas dos incêndios foram devolvidas pelas Câmaras. Mais de 250 mil euros em mobílias prestes a ser devolvidas a França porque as Câmaras recusaram as mesmas.

A jornalista Ana Leal foi quem divulgou no Jornal das 8 da TVI. De acordo com a reportagem, “31 toneladas de material novo, entre cómodas, camas, cadeiras, mobílias completas”, angariados por uma Organização Não Governamental (ONG) francesa, estão ainda embaladas em armazéns.

As autarquias de Pedrógão Grande e de Castanheira de Pêra rejeitaram e a mobília está nos armazéns há ano e meio e deverá voltar para França, enquanto continua a haver casas de habitação completamente vazias e as pessoas a precisarem das mesmas.

Loading...