Ministério da Justiça não paga renda de prédio há nove anos e o Estado vai agora pagar cerca de sete milhões de euros por terem sido usadas as instalações onde funcionaram os Juízos Cíveis de Lisboa.

De acordo com TSF, o prédio localizado na Rua Mouzinho da Silveira, n.º 26, em Lisboa,  foi utilizado entre 2000 e 2011.

Só em dezembro de 2002 foi adquirido pela Caixa de Previdência dos Advogados e Solicitadores, não tendo sido paga qualquer quantia a título de contrapartida pela utilização do mesmo.

Segundo a TSF, a situação terá gerado uma dívida acumulada de milhões de euros, mais precisamente de 6,8 milhões de euros, após o Governo autorizar a pagar pela ocupação do imóvel.

O bastonário da Ordem dos Advogados diz louvar esta decisão do Governo de regularizar a dívida.

FONTESabado
Partilha
Loading...