Faleceu o menino que comeu um hambúrguer contaminado com E. Coli. Colan Moitti, tinha 10 anos de idade e não resistiu ao ingerir um hambúrguer contaminado com a bactéria Escherichia coli (E. Coli) que ingeriu há oito anos atrás.

Nolan viveu todo este tempo com uma deficiência grave que o deixou incapaz de falar, andar e com dificuldades para se alimentar, de acordo com o Le Parisien.

Os responsáveis pela venda da carne congelada com a marca Steak Country, foram julgados por um tribunal no norte da França em 2017. O ex-chefe Guy Lamorlette, agora com 78 anos, foi condenado a três anos de prisão por não cumprir controles de qualidade da carne.

“Espero que a pessoa responsável por esta tragédia tenha a decência de retirar o recurso. Agora ele deve cumprir a sentença e os pais de Nolan devem poder receber indemnização e lamentar a sua perda”, afirmou Florence Rault, advogada da família Moitti.