O marido estava no seu leito quase a ir ter com S. Pedro e chamou a mulher.
Com voz rouca e já bem fraca, disse-lhe:

– Meu amor… chega-te mais perto… Eu quero… fazer uma confissão!
– Não, não – respondeu a mulher. – Sossega e fica ai quietinho. Não podes fazer esforços.

Mas mulher – insistiu o marido. – Eu preciso ir ter com S. Pedro… em paz! Eu quero confessar uma coisa!

– Está bem, está bem! Diz lá então!
– É o seguinte… – Eu sai… com a tua irmã… com a tua mãe e… com a tua melhor amiga!

Também vais gostar destes:
Um homem deu conta que tinha pessoas dentro da sua garagem – ANEDOTA
Cinco homens discutiam sobre a inteligência dos seus cães – ANEDOTA

– Eu sei, eu sei meu AMOR, mas agora fica quietinho para que o veneno faça efeito!

NUNCA SUBESTIMEM AS MULHERES E LEMBREM-SE:

“MULHER NÃO TRAI, MULHER VINGA-SE”

Partilha
Loading...