Maria Vieira sustentas as suspeitas sobre as doenças de Maria João Abreu e Tony Carreira. Bloqueada no Facebook ela fez mais uma publicação polémica, agora sobre o apresentador Rodrigo Faro que está infetado com Covid-19.

Para ela «o Rodrigo Faro foi injectado no dia 25 de junho, foi ‘contaminado’ no dia 2 de julho e no dia seguinte foi internado, apesar dele não ter cara de doentinho e de parecer gozar de boa saúde…».

«Ou seja, a pessoa é injetada, continua a usar mascarilha, é aconselhada a manter distância do próximo e ainda assim é contaminada e internada?!?! E perante isto, que está a acontecer no mundo inteiro a milhares e milhares de pessoas, impõe-se a seguinte pergunta: afinal para que é as pessoas são injetadas?!?!», questionou.

«E depois ainda tem gente hipócrita e gente que come gelados com a testa, tipo (…) ‘jornaleiros’ de revistas cor de rosa dirigidas a leitores acéfalos, que se admiram muito quando a Maria Vieira pergunta, com toda a legitimidade e com imensa pertinência, se determinada figura pública que faleceu foi injetada antes de falecer ou se determinada figura pública teria sido injetada antes de ter sofrido um enfarte do miocárdio…», disse, referindo-se a Maria João Abreu (aqui) e Tony Carreira (aqui).

Em conclusão, Maria Vieira fez uma espécie de futurologia que acabou por se concretizar: «P.S. Se entretanto esta minha publicação for censurada pelo Facebook e eu for bloqueada, como de resto está a acontecer a milhares e milhares de utilizadores nesta rede social globalista, marxista e LGBTista, já sabem que eu fui de vela pela trigésima vez e não se esqueçam que nas próximas autárquicas e nas próximas legislativas devem votar CHEGA para que possamos recuperar a liberdade de expressão, restaurar a democracia e acabar com o maldito socialismo! Somos muitos. Somos cada vez mais. Somos CHEGA».