A imagem mostra pai Ucraniano a chorar morte do filho em ataque Russo. A imagem divulgada pela Aris Messinis mostra de forma impactante o sofrimento de civis no meio dos conflitos que tomam a Ucrânia desde o dia de ontem. A cena de um pai a chorar com o filho morto está a emocionar o mundo: “Eu disse-lhe para fugir daqui. Disse-lhe para se ir embora”, referiu o pai emocionado por ter perdido o filho.

A NATO já anunciou que apoia a nação ucraniana e o seu presidente, governo e parlamento democraticamente e legitimamente eleitos, e apoia plenamente a soberania e integridade territorial da Ucrânia nas suas fronteiras internacionais, especialmente nas águas territoriais.

“Pedimos à Rússia que cesse imediatamente a operação militar, retire todas as forças dentro e ao redor da Ucrânia, cumpra o direito humanitário e conceda ajuda sem impedimentos e seguro e acesso humanitário a todos os necessitados”. A decisão de reconhecer as áreas separatistas no leste da Ucrânia pela Rússia também foi condenada.