Um idoso morreu após ser vítima de maus-tratos em lar. António José deu entrada no hospital com quadro de desidratação.

O idoso de 87 anos foi vítima de maus-tratos no lar da Santa da Misericórdia de Ourique, não tendo resistido e acabou por falecer.

Segundo informação do CM, quando o filho Orlando foi visitar o pai, ele “Estava muito magrinho e com sinais de desidratação, barba por fazer, atado a um cadeirão, tombado para o lado, com papa seca na boca, parecia cimento”.

Idoso morre após ser vítima de maus-tratos

Nesse mesmo dia, Orlando chamou a enfermeira do lar e mais tarde um médico, que terá encontrado “fungos na garganta e boca” do idoso. Além da desidratação, foi ainda detetada uma ferida junto ao ânus e uma anca deslocada.

A Santa Casa da Misericórdia de Ourique disse em comunicado que “repudia e desmente” as acusações de Orlando José e explica que António deu entrada no lar “emagrecido, pálido, prostrado, com mobilidade afetada, afásico, com tosse produtiva e expulsão de expetoração” e garante que as observações feitas pela equipa do lar “não registaram quaisquer deslocamentos de ancas ou feridas”.