Em São Petersburgo, uma idosa russa que protestava contra a guerra foi presa.

Yelena Osipova havia sobrevivido aos nazistas e foi para as ruas junto com muitos outros compatriotas russos que se opunham à guerra na Ucrânia. Tal como muitos outros foi presa.

Definitivamente, a coragem não tem tamanho nem idade. Yelena Osipova, mas já antes dela Ludmila Vasilyeva, duas sobreviventes do cerco a Leningrado – um cerco militar à então cidade de Leningrado (atualmente, São Petersburgo), na então União Soviética (atualmente, Rússia), pelas tropas da Alemanha Nazista, Itália e Finlândia durante a Segunda Guerra Mundial – mostram, desta vez, a Putin que nada lhes mete medo, muito menos a partir dos 80 anos.

Que pessoas espectaculares! Podes ver o vídeo a seguir: