A família do homem que morreu atropelado pelo carro de Cabrita apenas recebe 259 euros por mês. Com enormes dificuldades financeiras, a Segurança Social apenas paga 173,27 euros mensais para a viúva de 43,32 euros mensais para cada uma das duas filhas do casal. Isso perfaz um valor de 259,91 euros mensais da Segurança Social.

O valor foi calculado tendo em consideração a pensão de Nuno Santos no caso deste se reformar à data da morte.

O advogado da família da família não compreende,“este segredo de justiça que deveria ser a exceção e não a regra e que está até a ser aplicado às partes envolvidas no processo”. “Manter o segredo de justiça é patético”, disse