Faleceu Haidar, o menino Afeganistão preso há três dias num poço. As equipas de resgate fizeram todos os esforços, mas sem êxito. O menino estava num poço com 25 metros de profundidade

No Twitter, o conselheiro do Ministério do Interior afegão Anas Haqqani afirmou: “Deixou-nos para sempre”, confessou.

E continuou: “Este é mais um dia de luto e dor para o nosso país”.

O menino foi alvo de várias tentativas de resgate e Abdullah Azzam, secretário do primeiro-ministro, tinha informado que a criança “está bem de saúde” e que “pediu comida e água”.

Infelizmente, acabou por não resistir e sucumbiu.