Casados. Doina arrasa SIC: “Quanto mais explosiva for a combinação mais apetecíveis nos tornamos”, disse na sua rede social Instagram.

Após anunciar que está oficialmente divorciada Doina afirmou: “A PROMISCUIDADE DO MATCH. Estou, oficialmente, divorciada! Acredito no amor! Acredito no amor como um projeto de investimento e dedicação. Como uma semente que se joga na terra e todos os dias se rega para que, um dia, dela possamos colher os frutos. Talvez, por isso, tenha entrado de coração aberto no Casados à Primeira Vista!”, começou por dizer.

E continuou: Procurava, tão somente, alguém empenhado na construção de um projeto de amor, respeito e dedicação. Porém, desde as primeiras horas, a promessa de uma experiência memorável, foi-se revelando numa história que procurarei esquecer. Começar com um episódio de alcoolismo, naquele que devia ter sido o dia mais feliz da minha vida, despertou os meus fantasmas do passado; os longos dias de lua de mel a ser ostensivamente ignorada; lidar com a corrosão da falta de foco, compromisso e empatia alheia … Explodi várias vezes em frente às câmaras mas chorei, muito mais, em silêncio”afirmou.

Lidar com a indiferença destrói-nos! Por muito amor próprio que tenhamos … a rejeição é das formas mais silenciosas de dor que podemos viver num relacionamento. A juntar a este estado de alma, também tive dificuldades em lidar com o público e com a injustiça de um julgamento, construído em cima de uma narrativa que não corresponde à realidade, revelou ainda.

Para terminar, a jovem deu um estouro à SIC: Hoje, olho para trás, e compreendo que tudo se deve a um exercício promiscuo de “match”. Neste “reality show” somos transformados em objeto de audiências. Quanto mais explosiva for a combinação mais apetecíveis nos tornamos. Este “reality show” não é sobre amor. É sobre confronto. Talvez, por isso, a taxa de sucesso dos matrimónios no formato português, esteja tão longe da de outros países. Enfim… e isto acontece em Portugal! Um país a braços com o flagelo da violência doméstica e das relações abusivas…”finalizou.