Foi detido o soldado russo que violou uma bebé ucraniana de apenas um ano. Alexei Bychkov publicou as imagens dos abusos nas redes sociais e está agora acusado de um dos mais graves crimes de guerra, de acordo com o jornal The Sun.

Lyudmila Denisova, comissária de Direitos Humanos no Parlamento ucraniano foi quem denunciou esta e muitas outras situações de crimes de guerra. Em Bucha, uma adolescente engravidou, após violação de cinco soldados.

Um menino de 11 anos foi abusado pelos russos, em frente da mãe, que estava atada a uma cama, em Irpin.

Segundo o jornal Metro o soldado estava nos subúrbios de Pskov, no oeste da Rússia, com a sua unidade militar quando o crime aconteceu.