Rosa Grilo deixou o corpo de Luis Grilo três dias na garagem. Ela mesma confessou o homicídio por telefone, avançando agora com mais detalhes sobre o crime.

Na cadeia , ela confessou que guardou o corpo na casa de banho da garagem durante três dias enquanto dezenas de operacionais e amigos procuravam por pistas do triatleta. Só no dia 18 é que Rosa diz ter-se desfeito do corpo, apenas encontrado a 26 de agosto.

A revelação é feita pela própria numa chamada telefónica de cerca de 17 minutos com o ex-inspetor da Polícia Judiciária João de Sousa, que divulgou a conversa na internet.