Presa, mãe de Cláudia chora morte da filha na cadeia. Aos 23 anos, Cláudia padecia de uma doença rara que provoca o envelhecimento precoce.

À mãe da jovem não foi permitida a presença no velório da filha: “não foi dada luz verde por parte do estabelecimento prisional devido às regras impostas pela pandemia”, conta fonte próxima do processo.

Ana Pais foi transferida do Estabelecimento Prisional de Santa Cruz do Bispo, no Porto, para a prisão da Guarda: “Esta era a nossa grande luta. Não fazia sentido ela estar tão longe. Pedimos muitas vezes para que ela fosse transferida para mais perto, para estar mais perto da filha e só no dia do velório é que fizeram a transferência”, revela a Revista Sábado.