“Cá estarei para cuidar dos vossos filhos“, disse um enfermeiro revoltado. O enfermeiro do Centro Hospitalar do Algarve deixou uma mensagem nas redes sociais que já tem mais de 10 mil partilhas.

Nuno trabalha com doentes com coronavírus e partilhou nas redes sociais a sua revolta com os que este sábado decidiram encher a Ponte 25 de Abril para rumar às praias da Costa da Caparica, fazer um passeio ou até ir até ao Algarve. 

“Pensei muito antes de publicar esta foto.. Mas depois.. De ver tanta gente a passear… Aqui vai… Continuem a passear… Cá estarei mais os meus colegas para cuidar dos vossos filhos… Ah.. Não poderão estar a acompanhá-los”, escreveu o enfermeiro.

Ele tentou chamar a atenção para os resultados do desrespeito ao Estado de Emergência. Um doente com Covid-19 não pode ser acompanhado por familiares e os únicos que vão estar ao lado deles, são os que até hoje lutam na linha da frente desta pandemia: os profissionais de saúde.