Bruno de Carvalho disse ter sido recebido uma ameaça de Nuno Homem de Sá: “Foi grave demais”, disse o Ex Presidente do Sporting.

O que se passou hoje foi muito grave aqui dentro desta casa, será resolvido no sítio certo. Passou-se que o Nuno chegou ao pé de mim e da Liliana e começou em ameaças, eu preocupado com a casa levei-o para o confessionário e, pronto, não vou dizer muito mais, foi grave demais, eu disse ao Big que jamais faria absolutamente mais nada perto do Nuno porque já disse que resolverei o assunto no local certo, disse o empresário.

E continuou afirmando ter sido autorizado a não falar nada em direto sobre o sucedido: “O Big sabia perfeitamente que eu não o faria e não podia dizer nada, estávamos em gala e foi pedido para não dizer absolutamente nada, mas jamais iria correr o risco de darmos uma imagem absolutamente dantesca só porque o Nuno assim o desejava“.

Relativamente à expulsão, Bruno de Carvalho diz que: Os portugueses decidiram o que decidiram, felizmente resolveram o primeiro assunto, que foi a saída dele, mas queria-vos dizer isto que foi a pensar na casa e no bem-estar da casa porque realmente foi grave demais tudo aquilo que aconteceu aqui hoje. Mais não direi, o Big se quiser que vos diga. Ainda não acredito muito bem naquilo que aconteceu… amanhã será um novo dia, frisou.