Ao reciclares uma garrafa, alimentas um animal no imediato. Os animais de rua estão habituados a alimentarem-se de coisas que estejam no lixo e a aguentar o frio e a chuva.
Seria óptima criar uma solução que os ajudasse a terem uma vida melhor, não achas?

Uma empresa turca teve uma ideia e criou uma espécie de “vending machine” que dá ração para cães e gatos abandonados, que estejam na rua, em troca de garrafas para reciclar.

O produto foi instalado em Istambul, na Turquia, e deverá chegar a mais cidades turcas.
Sempre que uma garrafa é colocada na máquina, um dispensador automático de comida liberta uma quantidade de ração.

A empresa turca Pudegon lançou recentemente esta espécie de “vending machine” e já é um verdadeiro sucesso, pois simultaneamente incentiva a reciclagem e ajuda a alimentar os animais de rua.

A máquina foi colocada num parque para que as pessoas pudessem testá-la. Quem recicla está não só a ajudar o ambiente como a contribuir para alimentar cães e gatos que vivem nas ruas. Além do dispensador para ração há também uma taça para água que os cidadãos podem encher com o que restar das garrafas ou com água levada propositadamente para esse efeito.

Em Istambul, onde habitam 14 milhões de pessoas, existem cerca de 150 mil cães e gatos abandonados a viver nas ruas.

Os turcos não têm um historial simpático relativamente aos direitos dos animais, uma vez que em 2012, o Governo propôs uma lei que previa o envio de cães de rua para parques de vida selvagem na periferia da cidade.

No entanto, a indignação de activistas da causa animal acabou por fazer com que a proposta ridícula caísse. Para os activistas, esta proposta fazia lembrar outra lei de 1910, que possibilitava o envio de animais abandonados para uma ilha sem qualquer alimento disponível.

O produto da empresa Pudegon, registado em Fevereiro, começa agora a chegar a outras cidades turcas como um projecto sócio-ambiental e com o apoio de activistas, veterinários e marcas de ração que também já se associaram a esta causa.

Com esta ideia inovadora, mantêm a cidade limpa e alertam para a importância da reciclagem, alimentando os animais de rua, que na sua maioria são abandonados pela própria população.

Não há informações relativamente à comercialização do produto e possível exportação para outros países.

Certamente uma iniciativa a que o nosso país deveria estar atento e aderir, não te parece?