A amizade é uma forma de amar, amigos são tesouros. A amizade é uma das partes de grande importância na vida das pessoas, muitas delas aprendem desde cedo que os amigos, são basicamente a família que não é ligada por motivos de sangue e não depende desses mesmos motivos para existir. Por se tornarem família pela afinidade entre si, os amigos demonstram a importância de serem próximos por meio dos gestos e atitudes.

A amizade verdadeira é aquela que independente da situação, é sempre baseada na sinceridade, honestidade, afeto e muito amor. Afinal, a amizade é uma forma de amar as pessoas pela pura vontade de estar junto e conviver, além de formar lembranças juntos.

Dizem que a amizade seria a verdadeira irmandade, e é. Ser irmão é estar ligado por meio de laços profundos que não se acabam por motivos rasos.

A amizade envolve estar junto até quando se está fisicamente longe, é o companheirismo constante entre duas pessoas, a motivação é sempre ver o outro bem e feliz.

Entretanto, ao se pensar sobre tantas formas de ser amigo, sempre se pergunta “Então, o que fazer quando uma amizade acaba?”

As amizades terminam de formas diferentes que podem ser até repentinas. Mas isso não quer dizer que as situações precisam necessariamente anular tudo o que já foi vivido e compartilhado. Sobretudo, quando uma amizade de anos acaba, muitas coisas aconteceram e situações boas não devem ser simplesmente retiradas da parte positiva da nossa vida simplesmente por não ter sido algo contínuo.

Guarda as tuas lembranças boas, lembra-te do quanto foi bom ter aquela pessoa na tua vida e dividir segredos importantes, do quanto aquela pessoa segurou a tua mão para que não caísses.

O rancor sobre as coisas, só nos faz permanecer no erro de imaginar que tudo vivido foi em vão. E não foi, tudo ainda está aí e tudo aconteceu, mas agora, já não faz mais o sentido que fazia antes e a amizade já não faz mais o bem de antes, e tudo bem! Apesar de toda a falta que um bom amigo faz, é preciso compreender que diversas situações e problemas chegam na vida de todos.

O amor é o que permite deixar as pessoas livres, cultivar o amor pela vida é entender que é possível amar as pessoas de forma distante, pois já não é mais possível fazer isso com a proximidade de antes e nem com a mesma afinidade.

E às vezes, a afinidade e o amor em forma de amizade acabam também, faz parte da vida entender que cada coisa tem seu ciclo e ciclos se encerram para que outros novos possam começar.

Não deixar que coisas más possam endurecer o teu coração, é essencial para que sempre estejamos abertos a novas amizades e novas aventuras também! Guarda tudo o que foi bom e cultiva as tuas lembranças boas. Quanto ao que não foi bom, não permite que isso se torne a tua realidade e apaga tudo o que as pessoas já representaram para ti.

As coisas mudam mesmo, e, aliás, é bom que estejam em mudanças, ser estático não permite que evoluções aconteçam. Amigos são tesouros que podem ser encontrados, independente da idade. Sempre há o novo começo. O agora é um presente.

Estar vivo é sinónimo de estar em constante mudança.