Estavam certo dia, o americano, o espanhol e o português – ANEDOTA

2780
o americano, o espanhol e o português
o americano, o espanhol e o português

Estavam certo dia, o americano, o Espanhol e o português, na China, a beber umas e outras em praça pública, coisa que é proibida nesse país.

Foram presos e levados ao juiz. O juíz os condenou a 20 chibatadas. Como era transição entre o ano do galo e o tigre, tinham direito,a um pedido, desde que não fosse escapar da punição.

O juíz disse: “Americano, vocês são um povinho que não interessa a ninguém, prepotentes, acham que são os donos do mundo, mas mesmo assim lhe concedo o pedido, pode pedir”.

O americano fala: “Amarrem um travesseiro nas minhas costas”.

Lá pela décima chibatada, o travesseiro rompe e acaba por levar mais 10 chibatadas nas  costas.

“Espanhol. Vocês sim são um povo da porcaria mesmo, passam o dia a dormir, pessoal chato, como vocês nunca vi, mas vou ter de lhe conceder o pedido”.

“Amarrem 2 travesseiros nas minhas costas”. Diz o espanhol.

Depois da 15ª chibatada os travesseiros não aguentam a força das chibatadas e acaba por levar 5 chibatadas sem qualquer protecção.

Chega a vez do português…

“Português”, diz o juíz, vocês são um povo exemplar, povo sofrido, vivem na miséria, trabalhor e mesmo assim mantém o bom-humor, em vez de um pedido, vou quebrar o protocolo e lhe favorecer a dois pedidos. Pode pedir.

Também vais gostar destes:
Príncipe Encantado encontra Branca de Neve – ANEDOTA
Pai, aflito, foi falar com o obstetra – ANEDOTA

o português fala: “Não quero levar 20 chibatadas e sim 200”.

O juíz espantou-se, mas tudo bem, o gajo era português e pergunta:

– “Qual é o 2º pedido?”
– “Amarrem o espanhol nas minhas costas”

Loading...